fbpx
 

Obra-prima de Durkheim é traduzida pela primeira vez para o português a partir da edição original

Home » Sala de Imprensa » Obra-prima de Durkheim é traduzida pela primeira vez para o português a partir da edição original

“As formas elementares da vida religiosa” é publicada pela Edipro a partir da versão francesa de 1912, em edição dotada de aparato crítico

Émile Durkheim
Capa “As formas elementares da vida religiosa” | Divulgação: Editora Edipro

Considerada a obra-prima de Émile Durkheim e o último livro publicado pelo sociólogo, As formas elementares da vida religiosa foi traduzida diversas vezes para o português. Todas elas foram baseadas em reimpressões da terceira edição. Agora, pela primeira vez, a obra chega ao leitor brasileiro a partir da tradução da edição francesa original, de 1912.

A publicação, pela Editora Edipro, foi traduzida por Rafael Faraco Benthien, historiador e doutor em História Social pela USP, e Raquel Andrade Weiss, mestre em Sociologia e doutora em Filosofia pela USP. Ambos integram o Centro Brasileiro de Estudos Durkheimianos e explicitam, na introdução, as escolhas e intervenções feitas na edição da obra.

Segundo eles, a nova publicação vem corrigir erros que se acumularam nas revisões feitas após a morte de Durkheim, em 1917, publicadas em 1925, 1937 e em 1960. Imprecisões nas citações, erros tipográficos prejudiciais à boa compreensão do texto e as condições técnicas em que foram realizadas estas edições comprometeram a fidedignidade de alguns trechos.

O mais anedótico e inventivo desses erros refere-se à substituição da palavra dogmas (dogmes) por gnomos (gnomes) em uma das passagens mais importantes e referenciadas da obra, proveniente do Capítulo I de seu primeiro livro. A polaridade entre o sagrado e o profano é inscrita nesse trecho como algo central para a definição do fenômeno religioso. (As formas elementares da vida religiosa, p. 10)

As formas elementares da vida religiosa inaugura a visão da religião como objeto de pesquisa da Sociologia. Por meio do estudo de tribos aborígenes da Austrália, o autor analisa a religiosidade como fenômeno social, atribuindo o desenvolvimento da religião à segurança proporcionada pela vida em comunidade.

Para o sociólogo francês, a religião é um dos pilares essenciais da sociedade, consistindo em um sistema solidário de crenças e práticas relativas ao sagrado. Nas palavras dos tradutores, “ao mergulhar no coração da vida religiosa, Durkheim nos oferece um intrigante ponto de partida para investigar os múltiplos domínios que instituem e são instituídos pela vida coletiva”.

Ficha técnica
Livro: As formas elementares da vida religiosa: o sistema totêmico na Austrália
Autor: Émile Durkheim
Editora: Edipro
Preço: R$ 99,00
ISBN: 9786556600543
Formato: 14×21 cm
Páginas: 544
Link de venda: https://amzn.to/3E2fmLe
Clique AQUI para baixar a capa em alta resolução.

Émile Durkheim
Divulgação/acervo: Émile Durkheim

Sobre o autor: Émile Durkheim (1858-1917) foi um sociólogo francês de renome mundial, considerado o pai da Sociologia moderna. Professor de Sociologia e Pedagogia na Sorbonne e líder da chamada Escola Sociológica Francesa, foi o fundador da revista L’Année Sociologique, em 1896.

Posted on