fbpx
 
Voluntário do Hospital Espírita de Porto Alegre desmistifica doutrina em lançamento literário

Tempo de leitura: 3 minutos

Voluntário do Hospital Espírita de Porto Alegre desmistifica doutrina em lançamento literário

Após uma viagem à França, o advogado e voluntário do Hospital Espírita de Porto Alegre Marcelo Zago notou que o espiritismo ainda não tinha sido difundido adequadamente pelo mundo. De volta ao Brasil, ele tomou uma decisão: contribuir para que a doutrina fosse mais conhecida no país em que mora.

 

O jovem & a praia é fruto da missão abraçada por Marcelo e os detalhes deste lançamento você confere abaixo: 

 

O espiritismo é um dos temas centrais da obra. O público leigo também vai se interessar pela narrativa ou é para leitores que já tem conhecimento sobre?

 

Marcelo Zago: O livro foi escrito numa linguagem acessível justamente para que os leigos entendam. É uma história com temas do espiritismo simples e de fácil compreensão. A literatura espírita é vasta e seria importante no momento atual dos conflitos humanos uma obra que fosse do povo, simples, direta e de compreensão universal. Nada de palavras técnicas ou dogmas difíceis. Diante disso, a história se desenvolve em um ambiente natural em que todos nós vivemos diariamente, nos mesmos desafios e nas mesmas situações.

 

O jovem & e a praia é o seu primeiro livro. Quando surgiu o interesse em escrever?

 

Marcelo Zago: Foi após uma viagem à França, onde notei que infelizmente o espiritismo não tinha sido difundido adequadamente. Por esta razão, pensei que deveria haver um mecanismo onde as pessoas leigas e o grande público pudessem ter acesso de forma rápida, prazerosa e ao mesmo tempo consistente de fundamentos básicos da doutrina espírita. Nasceu a ideia de lançar um livro e contar os fundamentos mais importantes do espiritismo por meio de uma história descontraída de um jovem que passa pelos mesmos conflitos que todos nós.

 

Qual é a principal mensagem que a obra traz aos leitores?

 

Marcelo Zago: De que o túmulo não termina com a vida e que devemos desde já nutrir valores espirituais em nosso proveito. A espiritualidade não é algo para depois do desencarne. Pelo contrário, já vivemos o transcendental dentro de nós. Aliás, somos espíritos num corpo físico. Por isso mesmo é que o psicológico deve se conectar com o alto visando facilitar nossos propósitos cotidianos.

 

Algum personagem do livro foi inspirado em sua vivência?

 

Marcelo Zago: Com certeza. O jovem Roger foi inspirado em um médico gaúcho muito conhecido. A vida do referido personagem é insculpida em valores importantes para todos nós. Trabalho, dedicação, caridade, auxílio ao próximo e conexão com o Alto são ferramentas absolutamente importantes para todo e qualquer cidadão.

 

Além desse lançamento, você pretende publicar outros livros ou uma continuação para a história?

 

Marcelo Zago: Continuação não. Entretanto, outro livro está sendo escrito neste momento. Trata-se de uma obra de grande fôlego, contando com substrato histórico importantíssimo para criação de um futuro para humanidade. A partir da personagem de uma francesa, que foi Santa da Igreja e Padroeira da França, o livro contará como a espiritualidade superior auxiliou a humanidade dando novos rumos ao planeta.

 

Todos os direitos autorais da obra são destinados a entidades beneficentes. O que motivou esta decisão?

 

Marcelo Zago: Como a espiritualidade se trata de assunto que recebemos de graça, não seria justo cobrarmos pelo repasse ao público do conhecimento advindo do Cristo. Um dos grandes problemas na religiosidade é que os religiosos, incluindo até mesmo pessoas do movimento espírita, não conseguem impedir a ganância interior e doar livremente o que a espiritualidade diariamente nos ensina com seu amor. O Cristo nada cobrou, foi um humilde cidadão que morreu menosprezado. Toda obra espírita foi entregue à humanidade sem cobrança. Por isso, não seria justo que um livro que se propõe a divulgar valores do Cristo seja objeto de cobrança, digo do ponto de vista da autoria.

 

Sobre o autor: Marcelo Zago é advogado empresarial há quase três décadas. É CEO da Zago Advocacia Empresarial e coordena equipes em diversas áreas do Direito. É palestrante e voluntário desde o final da década de 1980 em diversas instituições, como Sociedade Bezerra de Menezes – em que é Conselheiro –, Hospital Espírita de Porto Alegre, entre outras.

 

Confira o release completo da obra “O jovem & a praia”, clique aqui.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *