fbpx
 
Autor Jefferson Sarmento

Tempo de leitura: 2 minutos

Um livro de horror brasileiro à altura de Stephen King

Já imaginou um livro de horror, ao melhor estilo Stephen King, mas com uma história totalmente ambientada no Brasil, com as características da nossa cultura, cotidiano e imaginário popular?

 

A Casa das 100 Janelas é assim! Esta ficção conta a história de uma velha casa assombrada, inspirada nas antigas fazendas localizadas nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

 

Aliás, a própria casa em torno da qual o enredo se passa existe de verdade. É a Fazenda Santa Clara, em Minas Gerais, e que por trás das 365 janelas guarda as memórias do tempo da escravidão no Brasil.

 

Assim, o autor Jefferson Sarmento uniu as referências de grandes ícones da literatura do gênero no mundo, a começar pelo Rei do Horror, para construir um suspense ficcional genuinamente brasileiro.

 

Conheça as inspirações do escritor carioca refletidas na linguagem, ambientação e no enredo de A Casa das 100 Janelas, um livro para estremecer e instigar os leitores até a última página.

 

– Ghost Story, de Peter Straub: por seu enredo envolvendo fantasmas e uma história de amor mal resolvida, perdas, as angústias e crueldades advindas desta situação;

 

– O Iluminado e It, a Coisa, de Stephen King: na sua estrutura e nos vínculos com o passado dos personagens em dois momentos distintos de suas vidas;

 

– O Jogo da Perdição, de Clive Barker: no que diz respeito à consolidação da maldade, dos medos, das perversidades humanas em algo palpável, algo que existe não apenas como sentimento, mas vaza para a realidade como uma força, entidade ou escuridão que é um personagem por si só.

 

– A Assombração da casa da Colina, de Shirley Jackson, e A Volta do Parafuso, de Henry James: histórias clássicas de casas assombradas.

 

Para acessar o release do livro A casa das 100 janelas, clique aqui!

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *